NOSSO TIME

A Memória Viva é uma jovem produtora de cinema que tem se destacado pela qualidade e criatividade de seus trabalhos, recebendo prêmios nacionais e internacionais por seus filmes. Trabalhos como Minami em Close-up, A guerra dos Gibis, Piove il film di Pio, Dias de Greve e O Canto da Lona demonstram  a vitalidade e variedade de sua produção. Memória Viva atua em parceria e sintonia com diversos coletivos cinematográficos contemporâneos como os paulistanos Coletivo Zagaia e Cinefusão e o Ceilandense Ceicine, produzindo realizadores da nova geração como Thiago B. Mendonça, Adirley Queirós,  Lincoln Péricles, Marco Escrivão, Adriana Barbosa e Bruno Mello Castanho, gerando novos caminhos para que estes diretores possam criar seus filmes de forma livre e provocativa. Em pouco tempo a Memória Viva firmou-se como uma produtora sólida, realizando filmes independentes e de qualidade, e lançando novos talentos no cinema brasileiro. Nosso compromisso é o de criar conteúdos críticos que reflitam a cultura e os dilemas do Brasil contemporâneo.

 

Coordena os projetos da Memória Viva, tendo grande experiência com administração de empresas e pro-etos. Foi consultora senior na Empresa Ernest Young. Advogada de formação, vem se especializando em questões de direitos autorais e leis de incentivo. Produziu os filmes  "Piove, il film di Pio" (2012), A guerra dos Gibis" (2012),  "O canto da lona" (2013), "Wanda dos Santos sem barreiras" (2014), "Dia da Mentira" (2015), Entremundo (2015), Esperando Gordão (2015),  "Jovens infelizes" (2015/2016). Atualmente produz os documentários "Bagunça, um hstória de São Paulo" e Procura-se Irenice.

RENATA JARDIM

Produtora executiva

Estreou no cinema em 2008 com "Minami em Close-up - a Boca em revista" prêmio de melhor direção no festival de Brasília. Em 2009 dirigiu o documentário para TV "Santa Efigênia e seus pecados" e co-dirigiu com Adirley Queirós o filme "Fora de Campo" (docTV). Foi roteirista dos dois trabalhos seguintes de Adirley ("Dias de Greve" e "A cidade é uma só?"). Em 2012 dirigiu o doc. "O Salto de Adhemar" para a série Memória do Esporte Olímpico da ESPN  e os premiados curtas "A Guerra dos Gibis" e "Piove, il film di Pio".  É integrante do coletivo Zagaia, fundador do bloco de carnaval Cordão da Mentira e editor da revista Zagaia. No teatro estreou como dramaturgo junto ao grupo Folias em 2010. Atualmente é diretor do grupo teatral  Cia do Terror. Em 2015 dirigiu   "Dia da Mentira" (junto com Marco Escrivão), "Entremundo", "Esperando Gordão" e o longa "Jovens Infelizes".

 

Memória Viva



Faço filmes sobre a dor

De um povo bravo e forte
Teço filmes sobre a vida
Luto imagens contra a morte



Minha lente, minha arma
Faço filmes sobre a guerra
Do pequeno contra o grande
Deste povo de Sem Terra

 

Faço filme deste canto
Dos batuques e senzalas
E da vida interrompida

Morta a tiros numa vala

 

Faço filmes pro meu povo

Sua luta e sua história

E Deus queira que um dia

Seja só uma memória

 

 

THIAGO B. MENDONÇA

Diretor e roteirista

Laura Calasans

produtora e figurinista

Produtora na Memória Viva, atua também como figurinista. Entre os trabalhos que participou estão "Esperando Gordão", "Dia da Mentira", "Bagunça, uma história de São Paulo", "Procura-se Irenice" e o longa "Jovens Infelizes". .

ALEX ROCHA

produtor e ator

Trabalha na área de produção audiovisual e e como ator nos grupos Folias D'Arte e Cia. do Terror.  Fez parte da equipe dos curtas "O canto da Lona",  "Esperando Gordão", "Dia da Mentira" e do longa "Jovens Infelizes". Atualmente dirige a produção do curta "Bagunça, uma história de São Paulo".